10 de ago de 2012

Ensinando a filha a ver o mundo

A mamãe aqui não está mais trabalhando e essa não foi uma decisão minha, filha. Agora tu ainda não consegue compreender essas coisas difíceis de gente grande, mas a mamãe vai deixar registrado aqui no teu blog para quando fores crescendo saber a verdade sobre aquilo que aconteceu. Tens o direito de conhecer a tua própria história e talvez essa te deixará algumas marcas, mas que as mamães com toda sabedoria do  mundo e muito  amor  no coração conseguirão amenizar.
Os adultos são complicados e muitos deles usam máscaras, mas não são as máscaras infantis que tu gostas de brincar, são máscaras invisíveis aos nossos olhos, mas sensíveis ao nosso coração. Com ele conseguimos ao longo da vida algumas comprovações:
De que por mais demorado que seja, um dia as pessoas mascaradas mostram sua verdadeira cara;
Que nem todas as pessoas são dignas de confiança, algumas costumam nos causar pena;
Que a mentira é a pior falsidade do ser humano;
E que nem todas as pessoas que dizem que nos amam sabem o significado do verdadeiro amor.
Por isso filha, tantas vezes nos enganamos com as pessoas e nos decepcionamos demais. Essa é toda a justificativa do momento atual, que consome parte dos sentimentos que moram dentro de nós.
A mamãe dedicou vários anos da sua vida a um trabalho lindo, voltado para a educação de crianças. Fiz por elas o que agora faço por vc, sempre com todo meu amor e carinho. Gostaria de continuar o meu trabalho, mas me pararam. Não é culpa da mamãe, mesmo assim te peço desculpa, pois a mamãe não queria que tu pagasse um preço tão alto por conta de uma pessoa maldosa como esta que está fazendo tu sofrer, praticamente tendo te expulsado daquele que era o teu mundinho. Eu sei que tudo o que tu tinha estava ali: amigos, brincadeiras, atividades, aulas, muita animação e uma felicidade sem fim. Era a tua rotina mais gostosa! Através do teu comportamento conseguimos visualizar algumas reações que apontam um início de entendimento, não exatamente o que de fato estamos vivendo, mas sinais de que tua sensibilidade já consegue sinalizar que algo está fora do lugar. Estamos te poupando de um sofrimento maior, mas eu sei, uma hora ou outra será inevitável toda a verdade. Teremos que conversar, tentar explicar de uma forma simples o que é tão complicado. Pois é filha, acabou uma etapa da tua vida para entrar em outra novinha em folha. Para uma criança de 3 anos ainda muita coisa ficará com pouco entendimento, mas quando estiveres lendo isso já estarás madura o suficiente para compreender que nem sempre as coisas são como gostaríamos que fossem. Temos que seguir em frente, mesmo doendo, chorando ou morrendo. A vida não para.
Sabe, foi uma crueldade o que fizeram contigo e eu como tua mãe no momento certo te darei os nomes, para que possas me dar razão. Enquanto isso posso te garantir  proteção e que essas pessoas não farão nunca mais parte de nossas vidas e nem terão participação alguma na construção da tua história.

4 comentários:

Juliana Brito disse...

Que triste, acompanho o bloguinho da Brunna e sempre via as fotos lindas dela sorrindo e brincando na escola. Foi por preconceito? o que houve pra uma virada tão ríspida na vida de vocês? De qualquer forma, seja como for, desejo tudo de melhor e tenho certeza de que logo logo as coisas se ajeitam. Pessoas boas tem luz própria. Um beijo e muito sucesso

ílida disse...

Poxa deve ter sido bem sério o problema, via que Brunna amava ir a escola e vc demostrava que tb gostava de trabalhar lá, não sei o que aconteceu mas a males que vem para o bem. E Brunna é uma menina muita esperta e muito amada tem uma família estruturada com certeza vai superar logo essa parte difícil.
Qualquer estou aqui de longe mandando só vibrações positivas

bjs

Fotos Kids disse...

Não comento sempre, mas passo aqui toda semana p/ acompanhar a Brunna... Que tudo fique bem p/ vcs, principalmente p/ ela que é uma criança linda-ilumanda e que certamente saberá entender as mudanças.
Beijos!

calzzzinha disse...

oi minha querida
vim aqui hj nao venho mto ao blog
adorei o layout novo, mais q o antigo
sei um pouco das histórias de ti e de tua madrinha
e nao consigo compreender o fato de fato, se é que posso escrever assim
vc está no seguro desemprego?
o que pretende fazer agora?
espero que vcs consigam uma escola boa pra Brunna tão logo, visto que com 4 anos o ensino já fica um pouco mais regular
ela que já foi e voltou daquela outra escula deve achar tudo mto estranho
pense que isto eh uma verdadeira libertação, de certa forma, um dia vc precisava alçar novos vôos
Deus tem algo mais incrível pra ti, tenha ctz!
adoro vcs
bjos na Mi