16 de abr de 2012

Vamos às novidades!

A Brunna foi na Dra. Marisa hoje, pois apareceu no rostinho dela umas feridinhas. Começou com uma no nariz e foi se espalhando. É uma tal de bactéria estafilococos que várias crianças da escola tiveram e ela pegou. Agora está usando uma pomadinha com antibiótico e sabonete antibacteriano várias vezes ao dia. Caso não melhore terá q entrar com antibiótico via oral, mas claro que eu espero que só assim já resolva.
Semana passada a professora da Brunna reclamou que ela andava muito teimosa e batendo nos colegas. Eu estranhei pq a Brunna sempre foi muito carinhosa e nada agressiva, mas uns dias atrás já havia notado algumas atitudes diferentes nela, herança dos colegas da escola. Coisas como chamar as pessoas de chatas ou reagir gritando muito. E nós, mães, sabemos reconhecer o que é característica da nossa criança e o que são traços aprendidos. A profe falou que toda a turma começou a reagir assim, por conta de um aluno que está atrapalhando em aula e ensinando coisas feias aos outros. E essa idade é danada, é a fase da imitação. Então o bilhete que a Brunna levou na agenda me abriu os olhos e foi um alerta para a questão do Maternal A ter só meninos e a minha princesa estar convivendo somente entre eles. Quer dizer, até tem uma menina além dela no turno da tarde, porém, a menina falta bastante e qdo vai ela e a Brunna não brincam juntas pq tem uma certa diferença de idade entre elas e a Brunna prefere as meninas grandes. Então a única influência dela estava sendo mesmo os meninos. Junto a isso, o fato de tentarmos colocar a Brunna no primeiro ano com 5 anos, contribuiu para uma nova decisão em família: trocarmos ela de turma, passando a frequentar o Maternal B. Ela está bem feliz pq agora é colega da Bianca, e como ela adora essa Bibi! Trocou de professora tb e espero que a adaptação seja legal. Amanhã será seu segundo dia no Maternal B!!!

Um comentário:

Aline Paliga disse...

Ah, concordo, essa época é brabo!!!E tem q bater o pé e ensinar que isso é feio, pq se deixar, eles fazem o resto da vida...mas acho q o maternal B é o ideal pra ela...a Bê tá no Jardim A e se dá muito bem com os colegas, naõ vejo discrepância! Boa adaptação Bru! E melhoras!